Petrobras tem lucro de R$ 23,7 bilhões no 1º trimestre de 2024: entenda as razões por trás da queda e saiba o impacto nos resultados.

 
A Petrobras (PETR4) divulgou seu lucro líquido referente ao primeiro trimestre de 2024, alcançando R$ 23,7 bilhões, uma queda de 37,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse resultado também representou um recuo de 23,7% em comparação com o trimestre anterior, ficando abaixo das expectativas do mercado.

O desempenho da estatal foi impactado pelos menores volumes de vendas e a redução no preço do petróleo e da margem do diesel. Além disso, a Petrobras anunciou o pagamento de dividendos e Juros sobre Capital Próprio no valor de R$ 13,45 bilhões, equivalente a R$ 1,04 por ação.

Os números apresentados já eram esperados devido a diversos fatores, como a baixa considerável nos volumes de vendas, paradas de manutenção e a queda nos preços do petróleo. Apesar do contexto desafiador, a Petrobras segue atuando no mercado petrolífero e enfrentando os desafios econômicos do setor.
 
 

Descubra os detalhes do resultado da Petrobras no primeiro trimestre de 2024: lucro menor, impacto da redução do preço do petróleo e mais! Confira agora.

 
A Petrobras (PETR4) divulgou um lucro líquido de R$ 23,7 bilhões no primeiro trimestre de 2024, apresentando uma queda de 37,9% em relação ao mesmo período do ano anterior e um recuo de 23,7% na comparação trimestral. O resultado ficou abaixo das expectativas do consenso da LSEG, que esperava um lucro de R$ 30,1 bilhões. A empresa atribui esse desempenho aos menores volumes de vendas e à redução do preço do petróleo e da margem do diesel.

Durante o primeiro trimestre de 2024, a Petrobras (PETR4) também anunciou o pagamento de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor de R$ 13,45 bilhões, equivalente a R$ 1,04 por ação. Esse valor reflete a estratégia financeira da empresa diante do cenário de desafios enfrentados no período, como a queda nas vendas de diesel no mercado interno e exportações. A receita líquida da Petrobras nesse trimestre foi de R$ 117,721 bilhões, representando uma queda de 15,4% em relação ao ano anterior.

Além disso, o Ebitda ajustado da Petrobras foi de R$ 60,044 bilhões no primeiro trimestre de 2024, registrando uma diminuição de 17,2% em relação ao ano anterior. As despesas operacionais aumentaram 22% em comparação com o mesmo período de 2023, enquanto o custo de extração por barril de petróleo teve um acréscimo de 9%. A empresa encerrou o trimestre com uma dívida líquida de US$ 43,646 bilhões, representando um crescimento de 16,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.
 

Descubra por que o lucro da Petrobras recuou no primeiro trimestre de 2024 e entenda como isso impacta o mercado. Confira os detalhes dessa análise aprofundada!

 
Em resumo, a Petrobras (PETR4) apresentou um lucro líquido de R$ 23,7 bilhões no primeiro trimestre de 2024, com queda anual e sequencial. Essa redução é atribuída principalmente aos menores volumes de vendas e à diminuição do preço do petróleo e da margem de diesel. Apesar dos números abaixo do esperado, a estatal anunciou o pagamento de dividendos e JCP no montante de R$ 13,45 bilhões, equivalente a R$ 1,04 por ação.

No entanto, o resultado financeiro da Petrobras ficou abaixo das expectativas, com receita líquida e Ebitda ajustado apresentando quedas em relação ao ano anterior e ao trimestre anterior. O custo de extração, as despesas operacionais e a dívida líquida também registraram variações significativas. Apesar disso, a empresa segue em busca de estratégias para recuperar e fortalecer seus números no mercado.